Voo fantasma de Bear Grylls (Opinião)

O Voo Fantasma conta a história de Will Jagger, um ex-soldado que no seu passado pertenceu às forças especiais conhecidas como SAS, que pertencem ao exército da Grã-Bretanha. Devido a isso Will tem alguns traumas, e precisa conviver com os seus fantasmas que volta e meia voltam para o atormentar.
Após uma fuga atribulada de Bioko, Will volta para a sua terra natal e irá deparar-se com uma aventura única. Uma expedição até a floresta amazónica à procura de um avião do qual ninguém sabia que existia, mas que já estava perdido há décadas. Uma aventura que tinha tudo para ser maravilhosa e de puro conhecimento e no qual se transforma numa caçada na qual Jaeger e sua equipa são os alvo a abater, porque às vezes, os segredos devem permanecer no anonimato.
A narrativa deste livro é muito fácil de ser lida, a história é bastante fluída, mas houve algumas partes em que achei repetitiva. Este livro é cruzamento entre algumas figuras famosas de filmes de ação tais como Indiana Jones, Bryan Mills, James Bond e ente outros. Will Jaeger é um personagem bastante complexo, e que penso que irá crescer consonante o seguimento da série.
Temos todos os componentes para um bom livro. Temos um herói fantástico e carismático, temos um bom enredo e uma ação de momento. Embora o livro tenhas esses pontos positivos confesso que não foi uma leitura muito agradável a meu ver.
Acho que criei muitas expectativas para este livro devido ao facto do autor ser uma pessoa famosa. O livro não tem uma história má mas também não é uma história fantástica.

5,8/10



0 comentários:

Enviar um comentário

 

Formulário de Contacto

Nome

E-mail *

Mensagem *