Caçador de Trolls de Daniel Kraus & Guillermo del toro (Opinião)


Quem me conhece, sabe que Guillermo Del Toro é um dos meus realizadores preferidos. Já vi quase todos os seus filmes e, inclusive, já li o primeiro volume da trilogia Estirpe (tenho de ler os restantes). Assim sendo, quando saiu este livro quis logo lê-lo. 

O livro começa com um prólogo promissor. Passado em 1969, durante uma onda de desaparecimentos de crianças, Jack Sturges desaparece sem deixar rasto e a última pessoa que o viu foi o seu irmão Jim Sturges. Passados quarenta e cinco anos Jim Sturges é um pai de meia-idade que vive atormentado pelo desaparecimento do seu irmão. O seu filho James Sturges Jr. (ou Jim) é um adolescente de quinze anos que não vive muito confortável com a sua vida, pois é vitima de bullying na escola juntamente com o seu melhor amigo Tubby e o seu pai é um "maníaco" da segurança. Mas, mesmo com esses problemas, ele não deixa de ser um rapaz optimista e bem-humorado. No entanto, a sua vida começa a mudar quando começa a ser atormentado por criaturas do outro mundo que supostamente não existiam, até um dia em que tem a prova de que tudo o que viu é real ou então ele estará ele a perder a sua sanidade mental. Este livro tinha tudo para ser interessante, mas a meu ver ficou muito áquem das expectativas. Guillermo Del Toro cria histórias magníficas, os seus enredos costumam ser maravilhosos e muitas das vezes imprevisíveis, mas neste livro o enredo foi muito fraco, extremamente previsível e cliché, o que me deixou um bocado triste quando ao escritor. Ainda que não tenha gostado do livro, vou esperar para ver a série que está ser adaptada a partir deste livro.

5/10


0 comentários:

Enviar um comentário

 

Formulário de Contacto

Nome

E-mail *

Mensagem *